Mandando bem na gramática e vocabulário mas ainda não conseguiu pegar o sotaque? Todo mundo sabe que essa é uma das partes mais difíceis de se aprender um idioma estrangeiro. Sim, todos nós naturalmente temos um leve sotaque em outro idioma porque os músculos da nossa boca não estão acostumados com esses novos sons. Mas não se desespere! Tenho algumas dicas simples que você pode seguir para melhorá-lo.

1. Tenha o máximo de contato possível com o idioma falado

Você pode fazer isso assistindo a filmes e programas de TV, ouvindo rádio ou simplesmente conversando com falantes nativos. Deixar a TV ou rádio tocando no fundo enquanto você faz outra coisa, como cozinhar ou correr, pode ajudar. Você absorve sons sem nem mesmo perceber.

Sugestões: La vita è bella é uma ótima pedida para aprender italiano; ou que tal Москва слезам не верит (Moscva slezam ne verit - Moscou não acredita em lágrimas) se você está aprendendo russo?

2. Pronuncie os sons em voz alta todos os dias

Pratique dizer os sons mais difíceis do idioma que você está aprendendo em voz alta. Ao fazer isso, preste atenção à maneira com que sua boca se move e à posição da sua língua. Isso ajudará você a treinar seus músculos a trabalhar de formas diferentes.

Sugestão: se você está aprendendo francês, você pode querer praticar o som do "r" certificando-se de que ele vem da parte de trás da garganta. Ou, se é chinês que você está aprendendo, por que não praticar a pronúncia dos quatro tons diferentes em voz alta?

3. Aprenda trava-línguas

Trava-línguas realmente podem ajudar você a praticar seu sotaque. Encontre um que não seja difícil demais, repita-o algumas vezes devagar (pode até fazer isso em frente ao espelho para você ver como sua boca se mexe) e depois tente aumentar a velocidade.

Sugestão: aqui está um trava-língua em espanhol para você: Erre con erre cigarro, erre con erre barril, rápido ruedan los carros, cargados de azúcar del ferrocarril. (Literalmente: R com R charuto, R com R barril, rápido vão os carros, carregados com açúcar da ferrovia.) Ou em alemão: Fischers Fritz fischt frische Fische, frische Fische fischt Fischers Fritz. (Literalmente: O filho do peixeiro, Fritz, está pescando peixe fresco; peixe fresco é pescado pelo filho do peixeiro, Fritz.)



4. Grave a si mesmo falando

Gravar a si mesmo é uma maneira muito útil de ouvir onde você está acertando e onde está errando com o sotaque. Também treina a memória muscular da sua boca, que, depois de um pouco de prática, facilitará para você pronunciar aqueles sons que você não tem no seu próprio idioma.

Sugestão: ouça um podcast (o Podclub é um bom aplicativo para isso) ou um audiobook no idioma que você está aprendendo. Pause depois de uma palavra ou frase de que você gostar. Em seguida, grave a si mesmo repetindo-a para que você possa comparar seu sotaque com o original.

5. Anote as palavras da maneira que você as ouve no seu idioma

Se você não sabe o alfabeto fonético, escrever a palavra da maneira que você a ouve em sua língua nativa pode ajudar.

Sugestão: para falantes de inglês aprendendo francês, você pode escrever a palavra quinze (quinze) como "cans". Ou, se você é um falante de inglês aprendendo português, pode escrever a palavra beijos como "beige-os". Ajuda muito!



Emma
Emma é uma das especialistas em língua francesa do busuu. Ela é originalmente de Londres, onde começou a aprender francês na escola. Depois, ela estudou antropologia com francês e espanhol na Universidade de Sussex, em Brighton. Como parte dos estudos, ela passou um tempo morando na Ilha da Reunião, um departamento ultramarino francês no oceano Índico. O que ela mais gosta de fazer é crochê, cozinhar e viajar pelo mundo!